Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \17\UTC 2012

Defeitos

Esse post não tem muito propósito. Não tem um começo, nem um final. Acho que não é necessário. É só uma mistura de desabafo com um pensamento que me passou pela cabeça hoje à tarde.

Sempre fui chorona e sempre associei isso à fraqueza. Isso porque sei que chorar não resolve nada. Muitas vezes nem sequer faz com que eu me sinta melhor. Às vezes acho que eu deveria ser forte o suficiente pra não chorar por qualquer coisa, seja ela bobagem ou não.

Eu não queria ser assim. Detesto chorar por tudo. Além de interpretar como fraqueza, minhas lágrimas teimam em associar-se ao fracasso. Em conseguir um estágio, em esquecer coisas importantes ou tirar boas notas. Ou ainda a sucesso em magoar pessoas que eu amo. Porque tenho que chorar a cada objetivo não alcançado? A cada resposta aguardada, porém inesperada. Meu sistema límbico é defeituoso ou o quê?

Por outro lado, chorar pode significar força. Isso porque acho que o choro é a reação aos momentos ruins que você viveu e que ele chega quando você já deu tudo de si.

Não quero parecer convencida, mas o pensamento que me veio à cabeça hoje foi que talvez eu não seja fraca, talvez seja forte o suficiente pra dar tudo de mim e por isso chego até a etapa do choro quando não agüento mais. Mas simplesmente não me sinto assim.

Sei que Wilder vai brigar comigo quando ler por eu escrever essas coisas e por me achar fraquinha assim. Mas que bom que ele está ao meu lado pra brigar comigo e tentar me fazer acreditar às vezes, nem que por pouco tempo, que eu sou um pouquinho forte. ^^

Fraca ou não, de uma coisa eu tenho certeza. Como Wilder diria… Tenho que parar de me achar toda “pequena”. E porque eu me acho toda pequena? Acredito que seja medo. Medo de me achar grande e gritar pro mundo o quanto eu sou grande e decepcioná-los caso descubram que eu não sou grande. Medo de me decepcionar caso eu descubra que não sou grande. Não tenho medo de que ao descobrirem esfreguem na minha cara o quanto fui convencida por me achar grande. Quem me ama não faria isso. E aqueles que o fariam, cliquem aqui e curtam o refrão.

É medo de decepcionar quem me ama mesmo, de trair a confiança deles, de fazer com que eles acreditem e torçam por mim em vão. De voltar pra cama chorando e pensando se sou fraca ou não…

Anúncios

Read Full Post »