Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘saudade’

Uma vez assisti a um documentário que mostrava depoimentos de pessoas que sobreviveram à bomba de Hiroshima. Algumas delas estavam em prédios que, após a explosão, foram atingidos por uma onda de vento tão forte que os vidros das janelas foram quebrados. Os cacos foram lançados sobre os sobreviventes, penetrando em suas carnes. Segundo as vítimas, anos depois do ocorrido, resíduos de cacos ainda eram eventualmente expelidos pelo organismo.

Eu acho que, quando você foi embora, meu chorinho ficou preso dentro de mim. Quando fico sozinha, quietinha aqui, mesmo dias depois, meus olhos expelem frações dele. Eu queria conseguir chorar tudo de uma vez, mas não consigo. Queria sentir toda aquela dor desesperadora de uma só vez agora. Colocar todo o choro pra fora e, apesar da saudade esmagadora, quem sabe me sentir um pouquinho melhor depois. Pelo menos um pouquinho melhor que agora.

Você me fez viver novas experiências tão doces, tão nossas, e minha felicidade por isso é tão grande. É tão feliz te conhecer assim aos  pouquinhos e descobrir novas coisas preferidas a fazer contigo.

Só posso concluir que essa felicidade que você me trouxe, essa felicidade com gostinho de chocolate branco com cookies, tem lutado bravamente com essa minha tristeza e tentado fazer com que meus dias sem você sejam um pouquinho melhores. Às vezes ela perde e não consegue conter minhas lágrimas. Mas às vezes ela ganha, quando vou dormir e não mais imagino nossos melhores momentos, mas sim lembro deles.

P.S. Eu te amo, Wilder. ♥

Anúncios

Read Full Post »

01h27…

…da manhã e eu aqui sem sono e entediada.

Quem dera se estivesses agora dormindo ao meu lado. Te acordaria para conversar, te provocar,  te deixar com vontade só pra  te oferecer um pedaço do meu… bolo de chocolate depois. Eu acho que você não aceitaria… te chamaria então pra jogar qualquer joguinho besta por aí ou pra contar histórias improvisadas com os personagens que me fazem rir. Ou preferes aqueles dos meus filmes preferidos? Eu prefiro você e eu. Vamos imaginar nossa própria felicidade para torná-la real depois.

Que tal olharmos as estrelas? Podemos nos agasalhar e se enrolar um ao outro, deitados na rede que fica naquele cômodo que eu chamo de terraço.

Mas assim em teus braços meu soninho viria logo, não aguentaria até às 3h30 como gostaria.

Já que está frio, canta pra mim?

Foi só escrever e imaginar, que Morpheus apareceu com seu saquinho de areia. Na embalagem estava escrito: “Para dormir profundamente”. Mas quem disse que desejo dormir profundamente? Quero dormir de forma semiconsciente para te sentir ao meu lado a noite inteira.

01h59

Read Full Post »